Início » O doce poder do elogio e da gratidão

O doce poder do elogio e da gratidão

por Andrea Alves
O DOCE PODER DO ELOGIO E DA GRATIDÃO

Elogiar faz bem a quem dá e a quem recebe o elogio. Agradecer melhora a saúde e os relacionamentos. Aprenda como deixar a vida melhor praticando estas ações simples, poderosas e gratuitas

Quem é que não gosta de ser elogiado? O elogio é um dos principais ingredientes para a construção da autoestima do ser humano. E, nos dias de hoje, em que a tendência é criticar opiniões, muitas vezes esquecemos de elogiar espontaneamente.

Quando pequenos os pais são as primeiras pessoas a nos elogiar e necessitamos de suas aprovações. Com o passar do tempo é natural que haja uma percepção maior do próprio mérito e a necessidade diminua – mas nunca desapareça. Por isso não podemos perder a capacidade de elogiar de forma sincera, seja um filho, amigo, cônjuge, ou você mesmo; por que não?

O elogio desencadeia uma série de substâncias na corrente sanguínea, ligadas às sensações de prazer e satisfação . Nas empresas ele é essencial para manter um bom clima, já que o elogiado tende a realizar a tarefa melhor em uma próxima vez. Da mesma forma, muitas críticas e falta de reconhecimento podem contribuir para o fracasso.

Elogiar é uma ação que, apesar de gratuita, é muito valiosa para ser tratada de forma leviana. Elogie com sinceridade. Encare o elogio como um tesouro que deve ser entregue a quem realmente merece. Desta forma as suas palavras terão o poder positivo que devem ter.

Seja grato. Agradecer faz bem.

Assim como elogiar altera o curso da vida de forma positiva, valorizar as próprias conquistas e agradecer as coisas boas também. Pessoas que têm esse hábito são mais felizes e saudáveis.

Quem assegurou isso foi o cientista Robert Emmons , que estudou os efeitos da gratidão na vida de pessoas entre 8 e 80 anos. Pessoas que praticavam a gratidão tinham o sistema imunológico fortalecido, melhor qualidade do sono e menor pressão sanguínea. Constatou-se o aumento das emoções positivas, como otimismo, compaixão, alegria e generosidade.

Mas por que isso acontece?

Quando a pessoa se sente grata ela ativa o sistema de recompensa do cérebro, que libera dopamina (neurotransmissor responsável pela sensação do prazer). Isso não significa esquecer os problemas, mas sim concentrar a energia nos acertos, aceitar melhor o que não tem e ser menos controlador. Outra vantagem é que essas pessoas tendem a bloquear sentimentos como a inveja e o ressentimento.

Nunca se esqueça de ser grato pelas coisas boas da vida.

Você acha difícil ser grato e agradecer as pessoas? E elogiar? Veja aqui algumas dicas que podem ajudar:

Na hora de agradecer

  • Substitua pensamentos críticos por gratidão.
  • Crie um “diário da gratidão” e agradeça diariamente as coisas boas.
  • Agradeça pessoas que lhe ajudaram, apontando a razão do agradecimento.
  • Mensagens escritas ou lembrancinhas podem ser ainda mais marcantes para quem recebe.

Na hora de elogiar

  • Seja específico. Dizer “adorei o molho, o que você fez para ficar tão bom? É melhor do que dizer “a refeição estava ótima”.
  • Ouça a resposta ao elogio com atenção.
  • Elogie habilidades adquiridas, mas também qualidades pessoais. Elogios voltados à essência do ser humano são especiais.

https://psicologiaacessivel.net/2017/02/27/o-poder-de-um-elogio/
https://www.scribd.com/doc/24344200/Robert-a-Emmons-Thanks-How-the-New-Science-of-Gratitude-Can-Make-You-Happier

Você pode gostar

Utilizamos cookies para proporcionar melhor experiência online. Ao navegar aqui, você concorda com nossa política de privacidade e o uso de cookies. Aceito Leia mais