Início » Outubro Rosa

Outubro Rosa

por Andrea Alves
OUTUBRO ROSA

Prevenção que Salva Vidas

Campanha, que é mundial, tem o objetivo de conscientizar as mulheres sobre a importância do diagnóstico precoce

A campanha Outubro Rosa acontece todos os meses de outubro em diversos países, com ações voltadas para a prevenção e cura da doença. O assunto é sério: o câncer de mama é o segundo tipo de câncer mais frequente em todo o mundo, perdendo apenas para o câncer de pele não-melanoma. Por isso é muito importante divulgar a campanha nos diversos cantos do país.

Fonte: INCA

Não há uma única causa para o câncer de mama. São vários os fatores que podem ocasionar o desenvolvimento da doença, além da hereditariedade.

Quanto mais cedo for feito o diagnóstico, melhor. “Hoje as chances de cura quando o câncer é diagnosticado em estágio inicial são de 90% a 100%, dependendo da idade da paciente e do tipo de tumor”, diz o ginecologista e coordenador de mastologia do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (ICESP)*, Dr. José Roberto Filassi. Ele concorda que existe uma tendência de aumento de casos, se compararmos ao cenário de décadas atrás, mas há também mais casos sendo diagnosticados. “Câncer de mama é raríssimo antes dos 20 anos. A incidência tende a aumentar com a idade e no Brasil, diferente de países como EUA e países da Europa, 35% dos casos são antes dos 50 anos.”

A Importância dos Exames

“Os exames de rastreamento têm a função de diagnosticar tumores precoces, quando há mais chances de cura, antes de se tornarem sintomáticos. A orientação é começar a partir dos 40 anos e repetir anualmente.”, diz Filassi.

Quando a paciente tem alguma suspeita ou sintoma, no entanto, é preciso procurar o médico e fazer os exames, não importando a idade.

Os exames são: ultrassonografia mamária e mamografia, podendo chegar à biópsia.

Tratamento

O tratamento inclui cirurgia, quimioterapia e radioterapia, que vão depender de cada caso. Aqui, de novo, quanto mais cedo o diagnóstico, menor a agressão cirúrgica e quimioterápica.

Hoje a mastectomia (reconstrução das mamas) é uma cirurgia muito segura, com técnicas bastante avanças e que vem garantindo ótimos resultados.

Autoexame

Embora muitas vezes o câncer de mama não seja palpável, continua sendo importante o autoexame da mulher, principalmente para aquelas com histórico de câncer na família.

Izabel Cristina Martins Dubai, gerente comercial da Tokio Marine em Pouso Alegre (MG), tinha o hábito de se auto examinar: “Senti como se fosse um caroço de azeitona. No dia seguinte marquei a consulta. Apareceu algo bem pequeno no ultrassom e na biópsia o diagnóstico foi confirmado. Foi descoberto muito rápido. O médico me falou que havia 99% de chances de cura, o 1% dependeria da rapidez com que eu tratasse. Descobri na segunda e marquei a cirurgia na quarta-feira.”

Izabel contava com um seguro destinado às mulheres e diz que isso deu muita tranquilidade. “Foi ótimo, pois tive a liberdade de escolher operar em outra cidade sem me preocupar com gastos, me deu segurança.”

Obs.: Apesar de importante, o autoexame não substitui os exames preventivos

Se você ainda não se consulta com um ginecologista, comece agora.

Você estará se dando um presente e ajudando a si mesma a salvar a própria vida!

Sintomas:

  • Caroço (nódulo) fixo e indolor
  • Pele da mama avermelhada ou com aspecto “casca de laranja”
  • Alterações no mamilo
  • Saída de secreções dos mamilos
  • Nódulos no pescoço ou axilas

Fatores de Risco

Não há uma causa única. Diversos agentes estão relacionados, como envelhecimento, fatores relacionados à vida reprodutiva da mulher, consumo de bebidas alcóolicas e de cigarro, obesidade.  Por outro lado uma rotina com a pratica de exercícios e alimentação rica em vegetais e o ato de amamentar podem reduzir os riscos.

Veja como Contribuir com a Campanha:

Outubro Rosa é uma campanha com bastante simbologia. O laço rosa tornou-se um símbolo importante, além de outros, como a iluminação na cor rosa em monumentos arquitetônicos nos quatro cantos do mundo.

As campanhas de doações de perucas, laços e artigos de beleza para mulheres carentes também ganham força no mês de outubro. Veja algumas instituições no Brasil para colaborar:

  • Cebrom Medicina Oncológica (Goiânia/GO): https://www.cebrom.com.br/site/banco-de-perucas.php
  • ONG Fios de Luz (Belo Horizonte/MG): https://www.ongfiodeluz.org.br/index.php
  • Tesoura Sem Ponta (Campinas/SP): http://www.tesourasemponta.com/

São Paulo/SP:

http://icesp.org.br/o-instituto/como-ajudar

*Fontes matéria: Dr. José Roberto Filassi, professor livre docente em Ginecologia (USP), chefe do Departamento de Mastologia da FMUSP, coordenador de mastologia do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (ICESP).

https://www.inca.gov.br/campanhas/outubro-rosa/2019/outubro-rosa-2019

https://www.inca.gov.br/sites/ufu.sti.inca.local/files//media/document//folder-mama-inca-cada-corpo.pdf

Você pode gostar

Utilizamos cookies para proporcionar melhor experiência online. Ao navegar aqui, você concorda com nossa política de privacidade e o uso de cookies. Aceito Leia mais